Esta nova família de «malware», softwares destinados a infiltrar-se em computadores alheios de forma ilícita,  «marca uma nova era de vírus em plataformas móveis e de desktop da Apple», afirmou a empresa em comunicado, que acrescentou a capacidade de o vírus  «instalar aplicações de terceiros em dispositivos com iOS».

O «WireLurker» cconsegue controlar e infetar outros dispositivos iOS -iPods, iPhones e iPads- conectados ao Mac por cabo USB.



 milhares de utilizares um pouco por todo o mundo.