homicídio de nove pessoasreacendeu a polémica entre a população


          Bandeira da Confederação (arquivo)


“Nunca queremos ofender ninguém com os produtos que vendemos. Estamos a tomar medidas para remover todos os itens que tenham a bandeira da Confederação das nossas lojas e website”, disse o porta-voz do Walmart, Brian Nick, à CNN.


“tornou um símbolo de divisão e racismo”



também a empresa "Valley Forge Flag"

quem está a ganhar Amazon