Um estudo de uma investigadora da Universidade de Aveiro (UA) sobre o ensino de competências para o empreendedorismo mereceu a distinção «Best Paper Award» na 13.ª conferência Science-to-Business Marketing, anunciou esta quinta-feira a instituição de ensino superior.

O estudo de Ana Daniel, docente e investigadora do Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial da UA, representa uma abordagem pioneira sobre a forma de ensinar as competências que estão associadas ao empreendedorismo.

O estudo analisou a adequabilidade de métodos de ensino não tradicionais, mais concretamente do «design thinking», no estímulo do comportamento empreendedor, onde a experimentação e a prática assumem um papel preponderante e o docente adota o papel de mentor do processo de aprendizagem.

Mediu o impacto da metodologia utilizada nas expectativas dos alunos através da implementação de um questionário a alunos que frequentaram duas das unidades curriculares de empreendedorismo, lecionadas no segundo semestre na Universidade de Aveiro: uma onde foi utilizada a metodologia de «design thinking» e outra lecionada de forma dita tradicional.

Uma das conclusões da investigadora é que «há indícios de que a educação formal não estimula competências empreendedoras e, talvez, até mesmo as suprima».

A conferência Science-to-Business Marketing, que decorreu em Zurique entre os dias 02 e 04, reuniu quase duas centenas de participantes de 27 países.

Na UA são lecionadas um total de cinco unidades curriculares associadas ao tema do empreendedorismo, frequentadas por cerca de cinco centenas de alunos de vários cursos.