Tim Berners-Lee, criador da Internet, admitiu recentemente, numa entrevista, que a barra dupla presente em «http://» tinha sido um erro e era uma das coisas que mudaria se pudesse voltar atrás no tempo. A barra dupla do prefixo usado para aceder a um site (http://) é «inútil», refere o britânico.

«Pensem em todo o papel e todas as árvores que poderiam ter sido poupadas se as pessoas não tivessem de digitar essas barras em documentos que foram impressos ao longo dos anos», lamentou o cientista, durante um evento organizado pelo jornal norte-americano «New York Times».

Os navegadores atuais preenchem automaticamente a sigla «http://», o que não acontecia nos primeiros anos da Internet.

Hoje em dia, a maior parte dos sites até já dispensa o comando «www».