Quando pensamos em remédios, pensamos em substâncias atóxicas. Ora isso nem sempre é verdade.

É o caso da toxina botulínica, mais conhecida por botox, uma das mais perigosas de sempre. Uma pequena dose seria suficiente para matar milhares de pessoas.

Mas apesar de ser tóxica, é cada vez mais procurada para fins medicinais e estéticos.

Popularmente conhecida por botox, é utilizada para corrigir as rugas que vão aparecendo com a idade. A aplicação de botox, em pequenas doses, vai bloquear os neurotransmissores responsáveis por levar as mensagens do cérebro aos músculos e impedir a contração dos tecidos musculares.

De ponto vista médico, a toxina botulínica também é extremamente útil para o tratamento de crianças com problemas musculares, ao permitir-lhes ter mais flexibilidade muscular.

Como o botox, existem outros «remédios» feitos a partir de substâncias consideradas perigosas.

O exenatida é uma delas. Utilizada no tratamento da diabetes, é produzida a partir da saliva de um dos lagartos mais venenosos do mundo.