António Costa, que esta terça-feira anunciou estar disponível para disputar a liderança do PS, já tem páginas de apoio nas redes sociais.

Campanha por António Costa começou antes do anúncio >

As páginas do Facebook e do Twitter, criadas esta terça-feira e intituladas «Capacitar Portugal», surgem na descrição como plataformas independentes, mas com diferenças. No Facebook, a página é descrita como: «Página Independente de Apoio à Liderança de António Costa para Secretário Geral do Partido Socialista».





Já no Twitter, a página de apoio a António Costa assume que o objectivo é apoiar a candidatura do socialista a primeiro-ministro: «António Costa Primeiro Ministro | Plataforma Independente de Apoio», le-se.

As páginas foram criadas esta terça-feira, mas também com algumas diferenças: a página do Facebook surgiu pouco depois da hora de almoço, já a página do twitter publicou o primeiro twitte cerca de meia-hora antes de António Costa anunciar que era candidato.