41 por cento das mensagens escritas no «Twitter», serviço de micro-blogging, são sobre «nada».

Este é o resultado de um estudo da empresa «Pear Analytics» citado pela «BBC», cujo objectivo foi perceber rapidamente que utilização fazem as pessoas deste serviço.

«Estou a comer uma sandes» é um exemplo do tipo de mensagens mais escritas no «Twitter» integradas na categoria «nada».



Com 38 por cento estão as mensagens de conversa, vários «tweets» trocados entre duas pessoas. Seis por cento foi considerado «spam».

Foram analisadas ao todo duas mil mensagens, divididas em várias categorias, de que são exemplos: «notícias», «spam», «auto-promoção», «nada», «conversas».



Veja aqui mais informações e dados sobre o estudo