A aplicação WhatsApp vai deixar de funcionar em alguns smartphones e plataformas móveis, já a partir do próximo ano.

No dia 1 de janeiro de 2018, o serviço de mensagens vai deixar de estar disponível em telemóveis com versões mais antigas dos sistemas Android e iOS, bem como em Windows mais antigos e em todos os Blackberry.

Relativamente ao Android, todas as versões anteriores à 2.3.3 vão deixar de ser suportadas. Os telemóveis com versões do Android entre a 2.3.3 e a 2.3.7  vão continuar a funcionar até 2020.

Quanto ao sistema operativo do iPhone, a aplicação vai deixar de suportar o iOS6 (lançado em 2012), e os Windows Phone 7 e 8. Continuará a funcionar nas versões mais recentes. 

A notícia de que o serviço iria deixar de existir em determinados dispositivos já tinha sido publicada em fevereiro de 2016 no blog da WhatsApp. Agora surgiu a confirmação.

No comunicado, a empresa explica os motivos da decisão.

“Quando criámos a WhatsApp em 2009, as pessoas usavam aparelhos móveis muito diferentes dos de hoje em dia. Numa visão do nosso futuro para os próximos sete anos, queremos concentrar os nossos esforços nas plataformas móveis que a maioria da população utiliza”.

O WhatsApp informa que, apesar de ainda ser possível utilizar a aplicação em determinados dispositivos, ala deixará de ser atualizada e algumas funcionalidades podem perder-se. Isto porque, e como a própria empresa explica, aqueles aparelhos já não apresentam capacidade para desenvolver as características pretendidas.

“Enquanto estes dispositivos móveis foram uma parte importante da nossa história, eles não oferecem o tipo de capacidade de que nós precisamos para expandir as características da aplicação no futuro.”

No final da mensagem publicada, a empresa aconselha os utilizadores a adquirirem a versão mais atualizada dos seus smartphones.