As queixas já correm nas redes sociais. Páginas como o Tuga.io, TugaFlix, Gigatuga, MegaFilmesHD ou o Sharetuga que permitem, por exemplo, ver séries e filmes online, estão ou vão passar a estar bloqueadas, por determinação da entidade reguladora.
 
A Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC) enviou uma notificação à Cabovisão, Meo, Nos e Vodafone para que impeçam o acesso a esses sites procurados pelos utilizadores por fornecerem música, vídeos, jogos e/ou revistas piratas.

A decisão surge depois de um memorando de entendimento da iniciativa da secretaria de Estado da Cultura, a que se uniu a IGAC, representantes de operadores de telecomunicações, indústria do cinema e associações que lutam contra a pirataria.

Um dos visados, o Tuga.io, já deu conta do sucedido no Facebook, esclarecendo logo quem acompanha a página sobre quais as formas de contornar o bloqueio.