O Exército Eletrónico Sírio reivindicou na quinta-feira a responsabilidade de um ataque informático contra contas da cadeia norte-americana CNN em redes sociais, nomeadamente no Facebook, Twitter e em dois blogues.

«As mensagens foram apagadas em minutos», indicou a CNN no seu portal, ao explicar que o grupo sírio publicou mensagens nas suas contas como «o Exército Eletrónico Sírio esteve aqui ... parem de mentir... todas as vossas notícias são mentira!».

Através do Twitter, o grupo, que apoia o regime sírio, reivindicou o ataque, referindo que o mesmo pretendia vingar «as notícias falsas da CNN com o objetivo de prolongar o sofrimento na Síria».

O mesmo grupo já tinha levado a cabo ataques semelhantes contra contas do Skype, do jornal The New York Times, da agência AFP e de outros meios de comunicação social.