Dezembro é mês de balanços. Este foi o ano em que vimos nascer um relógio da Apple e as imagem ganha cada vez mais importância na vida quotidiana. As máquinas de fotografia e vídeo têm-se reinventado e alguns modelos «vintage» surgiram adaptados aos novos desafios.

A TVI24 mostra-lhe alguns dos gadgets eleitos pelos sites «IT Bussiness Edge», «T3» e «Tech Radar» como os melhores de 2014.

HTC One M8 / iPhone 6 / Samsung Galaxy Note 4
HTC One M8 iPhone 6 Samsung Galaxy Note 4
Março de 2014
Android OS 4.4.2 (KitKat) com atualização para 5.0 (Lollipop)
Processador Quad-Core 2.3 GHz
Câmara 4 MP e 5 MP (frontal)
Memória interna 16 ou 32 GB e 2 GB RAM
Nano-SIM
Setembro de 2014
iOS 8 com atualização para iOS 8.1.2
Processador Dual-Core 1.4 GHz
Câmara 8 MP e 1.2 MP (frontal)
Memória interna 16, 64 ou 128 GB e 1 GB RAM
Nano-SIM
Outubro de 2014
Android OS 4.4.4 (KitKat)
Processador Quad-Core 2.7 GHz
Câmara 16 MP e 3.7 MP (frontal)
Memória interna 32 GB e 3 GB de RAM
Micro-Sim

Câmara fotográfica Polaroid Socialmatic

Câmara fotográfica panorâmica Panomo

iPad Air 2 / Samsung Galaxy Tab S / Tablet Sony Xperia Z2
iPad Air 2 Samsung Galaxy Tab S Tablet Sony Xperia Z2
Outubro de 2014
iOS 8.1 com atualização para iOS 8.1.2
Processador Triple-Core 1.5 GHz
Câmara 8 MP e 1.2 MP (frontal)
Memória interna 16, 64 ou 128 GB e 2 GB RAM
Nano-SIM
Julho 2014
Android OS 4.4.2 (KitKat)
Processador Quad-Core 2.3 GHz
Câmara 8 MP e 2.1 MP (frontal)
Memória interna 32 GB e 3 GB de RAM
Micro-Sim
Março de 2014
Android OS 4.4.2 (KitKat) com atualização para 5.0 (Lollipop)
Processador Quad-Core 2.3 GHz
Memória interna16 GB e 3 GB de RAM
Micro-SIM

Smartwatches
Os smartwatches, ou relógios inteligentes, são dispositivos que para além das convencionais funcionalidades de um relógio comum permitem interagir com o smartphone entre outros dispositivos eletrónicos. Pode ligar-se à internet ou a outros dispositivos a partir do wireless ou Bluethooh. Os smartwatchs também podem ser um bom aliado para o desporto uma vez que são, na sua maioria, capazes de monitorizar os batimentos cardíacos, as distâncias percorridas e os gastos calóricos. Por fim, estes relógios também recebem chamadas, mensagens e podem ter instaladas aplicações e redes sociais.

Colunas à prova de água sem fios
São práticas e adaptáveis às mais variadas situações. Numa altura em que os desportos outdoor estão em voga este tipo de dispositivos são uma boa aposta.

Teclados sem fios para tablet

Hoje em dia o tablet e os smartphones já fazem parte do quotidiano de milhões de pessoas. Mas a ausência do convencional teclado é, por vezes, um constrangimento ao desenvolvimento de algumas tarefas. Para facilitar, tem surgido várias soluções de teclados com e sem fio para adaptar aos tablets e smartphones e nalguns casos vêm inseridos numa capa para transportar e proteger os equipamentos.

Disco externo sem fio
Este tipo de discos permite armazenar todo o tipo de dados a partir do smartphone, tablet ou computador sem precisar de se ligar por fio aos dispositivos. Torna o armazenamento de dados mais simples, cómodo e rápido.

Caneta inteligente

As canetas inteligentes prometem revolucionar o mundo da digitalização, armazenamento de partilha de notas mas têm alguns constragimentos. São práticas, pequenas e de fácil transporte. Escreve no papel e a caneta, por ter digitalizador e memória interna, arquiva a informação para depois a descarregar no programa próprio (em computador ou tablet) através de ligação por cabo USB ou Bluetooth. Todavia esta tipo de dispositivos não têm (pelo menos ainda) capacidade para «ler» todo o tipo de papel, requerem folhas próprias, comercializadas pelas marcas das canetas.

iFusion
Quando o iPhone não é suficiente é possível transformá-lo em telefone fixo sem precisar de adquirir outro número de telefone ou equipamento. Esta é a função deste dispositivo. Serve como dockstation e permite ligar o iPhone dando-lhe aspeto e características de um telefone fixo.

Outro destaque de 2014 vai para o aumento do interesse e consequente desenvolvimento da «Internet das Coisas». Este é um processo que permite aliar a tecnologia, através de sensores e microchip, aos meios de forma a podermos controlar, à distância, todos os dispositivos que quisermos.