Uma estranha concentração de luzes no meio do Oceano Atlântico foi captada por um satélite e intrigou a NASA durante alguns dias. Ao largo da América do Sul não se encontrou nenhuma explicação imediata para aquelas luzes, o que levou a muita especulação.

Desde logo, a NASA garantiu que «naquela área não há nada, nem sequer plataformas petrolíferas». Da afirmação da NASA ao boato de que poderia tratar-se de OVNIs foi um pequeno passo.

Desfeito o mistério, descobriu-se que as luzes provêm de agrupamentos de pesqueiros.

A agência espacial norte-americana explica que, durante a pesca noturna, os pescadores utilizam luzes tão potentes nas embarcações que um satélite como o Suomi NPP consegue registar.