O primeiro hambúrguer artificial produzido em laboratório vai ser revelado e provado esta segunda-feira numa conferência de imprensa com localização secreta em Londres, na Inglaterra.

Este «novo» alimento foi concebido por uma equipa de investigação da Universidade de Maastricht, na Holanda que utilizou células estaminais de vaca, produzidas num laboratório localizado na Holanda, onde a «BBC News» teve acesso exclusivo.

«O nosso hambúrguer é fabricado a partir de células musculares retiradas diretamente da vaca. Não modificámos nada. Para que isto resulte deve ter o mesmo aspeto, a mesma consistência e, esperamos, o mesmo gosto que o verdadeiro», afirmou Mark Post, citado pela Lusa.

Com o uso desta nova tecnologia, este pode ser o início de uma revolução alimentar com produtos à base de carnes artificiais que segundos os investigadores pode ser uma forma sustentável de atender o consumo crescente da carne.

O conceito é «importante, pois a carne produzida em laboratório oferece uma solução para grandes problemas que o planeta enfrenta», explicou ainda Post.

O hambúrguer artificial pesa 142 gramas e teve um custo de 250.000 euros.