O diário espanhol El País vai passar a ser "um jornal essencialmente digital", anunciou o diretor, Antonio Caño, numa "carta aberta" publicada esta sexta-feira.

"[Chegou] o momento da transformação do El País num jornal essencialmente digital, numa grande plataforma geradora de conteúdos (…). Assumimos o compromisso de continuar a publicar uma edição impressa do El País da maior qualidade durante todo o tempo que for possível. Mas avançamos, ao mesmo tempo, na construção de um grande meio digital de cobertura global que possa responder às exigências dos novos e futuros leitores", escreveu Antonio Caño, no texto publicado no portal do jornal.

O diretor do El País acrescenta que "esse meio é e será cada vez mais americano", por ser na América que o jornal mais cresce e tem hoje "uma expansão mais prometedora".

O jornal britânico The Independent decidiu acabar com a sua edição em papel, transformando-se a partir de 26 de março num título exclusivamente digital.