A NASA anunciou, na terça-feira, o lançamento de uma nova missão em Marte agendada para 2020. O principal objetivo da missão é detetar traços de vida existentes no planeta na sequência das descobertas feitas pelo robô Curiosity.

Segundo a Lusa, há duas questões essenciais que justificam a missão. A primeira é saber se Marte pôde ser favorável a uma forma de vida, a segunda é saber se, efetivamente, houve vida em Marte», disse John Grunsfeld, responsável pelo Departamento de Ciência da agência espacial norte-americana.

Seguno Grunsfeld, a resposta à primeira questão foi respondida em agosto de 2012, quando o robô revelou que havia um ambiente favorável à vida em Marte.