O fotógrafo Donald Jusa usa o close-up para mostrar detalhes de insetos que não são visíveis a olho nu.

Também geólogo, Donald Jusa explica como surgiu o interesse pela macrofotografia aplicada aos insetos: «O meu objetivo aqui é apenas para mostrar que o mundo dos insetos muito pequenos - originais, coloridos e variados - também é muito bonito».

O interesse começou há dois anos, altura em que o fotógrafo obteve uma câmara reflex monobjetiva digital (DSLR) e começou a ir para o campo testá-la.

Posicionando a câmara a um pouco mais de uma polegada de distância do objeto, Jusa captura detalhes, características e forma de cada insetos.

Jusa não é, no entanto, o primeiro a recorrer à macrofotografia para mostrar a «beleza da natureza».

Em 2011, o fotógrafo israelita Suren Manvelyan tirou fotos em close up a olhos de animais.