Mais de 150 arquivos secretos da Primeira Guerra Mundial, com informações sobre organizações e pessoas envolvidas em atividades de espionagem durante o conflito, estão disponíveis na internet a partir desta quinta-feira.

O Arquivo Nacional britânico tornou possível o acesso online pela primeira vez a esses documentos classificados depois de digitalizar arquivos do serviço de contraespionagem britânica do MI5, no âmbito do programa de comemoração do centenário do conflito entre 1914 e 1918.

Entre os ficheiros figuram relatórios de interrogatórios, cartas, postais e fotos relacionadas com pessoas e grupos que estavam submetidos a vigilância durante a I Guerra Mundial.