A Google e Microsoft anunciaram que vão adicionar uma funcionalidade aos seus smartphones que permite inutilizar os aparelhos no caso destes serem perdidos ou roubados.

Segundo a «Sky News», os dois gigantes tecnológicos norte-americanos decidiram seguir os passos da Apple e da Samsung que já utilizam estes sistemas nos seus telemóveis.

Com a introdução do sistema nas duas marcas, significa que 97% dos smartphones vendidos nos EUA terão o sistema incorporado (um número que deverá estar muito próximo da realidade na Europa).

Assim, caso o utilizador perca o seu telemóvel ou seja alvo de roubo, basta ativar o sistema remotamente e o aparelho não voltará a funcionar.

O procurador-geral de Nova Iorque, Eric Scheiderman, que insistiu na disponibilização do sistema nos telemóveis Android (sistema da Google) e da Microsoft, afirma que a funcionalidade é fundamental para aumentar a segurança dos consumidores, e mostrou que os roubos diminuíram desde que o sistema foi introduzido nos telemóveis da Apple e Samsung.

Segundo as estatísticas apresentadas por Scheiderman, os roubos de iPhones caíram 24% em Londres, 38% em São Francisco e 19% em Nova Iorque.

O procurador-geral afirma que a funcionalidade será também muito útil na Europa, uma vez que uma em cada três pessoas perde ou vê o seu smartphone roubado.