A Findster, uma empresa portuguesa de dispositivos de localização, foi uma das dez companhias mundiais escolhidas para integrar a maior incubadora de hardware do mundo, a HAX Boost.

O processo de incubação começa em fevereiro e terá a duração de seis semanas, período durante o qual os quadros da empresa terão acesso a formações com especialistas na área de retalho, marketing digital e logística.

"A seleção da Findster representa o reconhecimento pela criação de uma tecnologia diferenciada, que vem estabelecer um novo paradigma no segmento dos dispositivos de localização, permitindo a sua democratização", disse a empresa em comunicado.