Até agora, pensava-se que o rosto humano era capaz de expressar apenas seis emoções. Mas uma equipa de investigadores da Universidade Estadual do Ohio descobriu que os músculos da face humana são capazes de muito mais. Identificaram pelo menos mais 15 emoções perfeitamente expressadas. Algumas resultam da mistura de outras das seis anteriormente conhecidas. Os dados da investigação vêm agora revelados na revista «Proceedings of the National Academy of Sciences».

Ao todo, os cientistas identificaram agora 21 expressões de emoções diferentes no rosto humano. Às seis iniciais (alegria, tristeza, medo, raiva, surpresa e nojo), os investigadores juntam agora algumas emoções como surpresa alegre, medo triste, surpresa assustada ou ódio (mistura de nojo e raiva, com ênfase na raiva).

A equipa. Liderada por Aleix Martinez, fotografou as reações de 230 pessoas (100 homens e 130 mulheres) a diferentes frases que suscitavam neles as seis emoções base e outras 15 compostas. Analisaram depois os diferentes componentes das expressões patentes nas imagens, tais como orientação dos lábios ou das sobrancelhas.

Concluíram que cada uma das 21 expressões identificadas envolvia um conjunto específico de músculos.