“A altura em que se é concebido ou se nasce é, em grande medida, um fator aleatório – não é afetada pela classe social, pela idade ou pela saúde dos pais. Então, olhar para um padrão do mês de nascimento é um poderoso indicador para identificar influências do ambiente antes do nascimento”, explica John Perry, professor na Universidade Cambridge e diretor do estudo.

“Ficámos surpreendidos ao verificar as similaridades de padrões, no que toca ao peso de nascimento e ao início da puberdade. Os resultados que obtivemos mostram que o mês em que se nasce tem um efeito preponderante no desenvolvimento e na saúde, embora seja ainda necessário trabalhar no sentido de perceber os mecanismos por detrás destes efeitos.”