O presidente executivo do Twitter, Jack Dorsey, não precisou sequer de 140 caracteres para dar uma prenda de milhões aos empregados da sua rede social. Mais concretamente, Jack Dorsey gastou apenas 131 caracteres na mensagem que publicou, na quinta-feira, na sua conta de Twitter, para dizer que oferecia 1% das suas ações da companhia em benefício dos seus colaboradores. Uma percentagem que, traduzida, representa cerca 200 milhões de dólares, mais de 180 milhões de euros.
 
A frase popular, de que grão a grão enche a galinha o papo, aplica-se perfeitamente ao Twitter, uma rede social cujo sucesso se fez a partir da possibilidade de comunicar através de curtas mensagens com todo o mundo. Com uma ideia de 140 caracteres se construiu um império. Jack Dorsey escreveu ainda que "prefere ter uma pequena parte de algo grande, do que uma grande parte de algo pequeno".
 
Jack Dorsey, presidente e cofundador do Twitter, é detentor de 640 milhões de dólares em ações da companhia, de acordo com o FacSet, citado pelo Quartz.com, e quer incrementar o crescimento da rede social.