A cidade de Lisboa vai ter em breve 20 táxis elétricos a circular, no âmbito de um apoio da Câmara Municipal, que vai atribuir 60 mil euros a duas associações do setor para a compra das viaturas.

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), a Associação Nacional dos Transportes Rodoviários em Automóveis Ligeiros (Antral) e a Federação Portuguesa do Táxi assinam hoje um protocolo para apoiar a renovação da frota de táxis da capital e promover a utilização de veículos elétricos para este serviço de transporte.

A autarquia lisboeta aprovou em julho a atribuição de apoio financeiro às duas entidades para aquisição de 20 veículos exclusivamente elétricos, que irão substituir as viaturas de combustível fóssil, «contribuindo assim para a melhoria da qualidade do ar na cidade», anunciou a CML em comunicado.

Os 60 mil euros serão divididos entre as duas associações de taxistas, representando um apoio de três mil euros para a aquisição de cada veículo elétrico, cerca de 12% do seu custo total, disse à Lusa Florêncio Almeida, presidente da Antral.

A reconversão da frota dos táxis lisboetas para as energias alternativas é uma ambição antiga da Antral, mas a crise veio atrasar o processo.

«É de louvar esta iniciativa da Câmara de Lisboa. Esperamos que venham mais apoios deste tipo das entidades responsáveis pela circulação», disse o representante dos taxistas, lembrando que as energias renováveis são também «mais económicas» e «a rentabilidade da indústria também tem de passar por essas alterações».

Com o protocolo a ser celebrado hoje, será apresentado o sistema de recolha de informação integrado nas novas viaturas, «que permitirá monitorizar os impactos ambientais e económicos deste projeto, designadamente informação sobre quilómetros percorridos, poupança de combustível e redução de emissões», refere a Câmara de Lisboa, em comunicado.

Os novos veículos irão também passar a colaborar nas iniciativas relativas à Semana Europeia da Mobilidade ou outras iniciativas do pelouro da Mobilidade «que promovam a mobilidade elétrica e a utilização de veículos elétricos no serviço de transporte em táxi», acrescenta.

Uma das ações para promover estas viaturas passará pela sua disponibilização para «demonstração à população e utentes da cidade, durante um dia», naquela semana temática.

O protocolo será celebrado hoje, pelas 15:30, nos Paços do Concelho, com a presença do vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Manuel Salgado, e com o vereador do Pelouro da Mobilidade e Infraestruturas Viárias, Fernando Nunes da Silva.