Jeff Guida largou o emprego que tinha em Wall Street, Nova Iorque, para desenvolver o «ShareRoller», um projeto que pretende eletrificar as Citybikes da cidade norte-americana de uma forma simples e prática.

Trata-se de uma mala leve que é uma espécie de kit com tudo o que é preciso para carregar uma pessoa numa bicicleta durante 20km, sem que seja preciso uma única pedalada.

O kit tem uma bateria que dura duas ou três horas e que se monta na frente da bicicleta, traz um motor que se monta na roda dianteira e ainda um acelerador que se liga no guiador. O inventor impôs um limite de velocidade na ordem dos 32 quilómetros por hora.

O «ShareRoller» foi desenhado no apartamento de Jeff Guida e ganhou forma numa impressora 3D. Agora, só falta conseguir lançá-lo no mercado.

Para que isso possa acontecer, o antigo analista de investimentos de alto riso criou uma campanha de angariação de fundos que conseguiu angariar 50 mil dólares (cerca de 40 mil euros), metade dos 100 mil previstos (cerca de 80 mil euros). Mesmo assim, Jeff Guida garante que tem investidores suficientes para lançar o «Share Roller» no mercado, a mil dólares (cerca de 800 euros) cada um.