“Eu reconheço que há pessoas que querem que isto aconteça e é algo que estamos a investigar”, afirmou, em entrevista ao Buzzfeed.




“Para as aplicações que não têm uma ligação com outras funcionalidades, vamos tentar arranjar uma solução”, declarou o CEO da Apple.