Não há duas sem três: iPhone 8, Plus e iPhone X. Muito se especulou, mas agora é que é oficial. A Apple apresentou o sucessor do iPhone 7, na sua versão normal e Plus. Um smartphone resistente à água e que diz adeus aos cabos para carregar a bateria por wireless. Uma câmara com mais definição como uma fotografia tirada junto ao rio Tejo (sim, em Portugal) veio comprovar. 

"One more thing" [Só mais uma coisa], disse depois o CEO, Tim Cook. Era o pontapé de saída para a apresentação que se seguia, do iPhone X. Um smartphone com a melhor resolução de sempre em produtos da Apple, sem botões et, voilâ, com reconhecimento facial. Tim Cook quer que marque a próxima década.

Diretamente da nova sede da Apple, a SpaceShip, que em Cupertino, na Califórnia, os novos produtos foram apresentados num auditório com o nome do fundador, Steve Jobs.

Novidades

iPhone X

Depois de apresentar o 8 e o Plus, "one more thing". 

Algo importante para todos nós: o futuro do smartphone. O primeiro iPhone renovou uma época da tecnologia. Agora, estamos aqui para lançar um produto para a próxima década: o iPhone X"

  • não tem botões, basta deslizar o dedo como se o home button lá estivesse na mesma
  • Reconhecimento facial (Face ID 3D) para desbloquear e bloquear o smartphone. Basta olhar de frente para o ecrã que ele reconhece o dono. Ou seja, acabaram-se os códigos e o leitor de impressões digitais
  • Utilizadores podem, até, dar vida aos emojis com esta tecnologia de reconhecimento facial
  • 5,8 polegadas
  • ecrã ocupa toda a parte frontal
  • vidro à frente e atrás, lateral em aço inoxidável
  • a maior resolução de sempre
  • pressionando o botão lateral direito, é possível falar com a Siri
  • resistente à água e ao pó
  • carregamento da bateria sem fios, no airpower, o novo tapete carregador da Apple
  • novo software torna tudo mais rápido
  • Preço começa nos 999 dólares, qualquer coisa como 833 euros, mas em Portugal começa nos 1.179 €
  • Encomendas aceites a partir de 27 de outubro
  • À venda nas lojas a 3 de novembro

iPhone 8 e 8 Plus - "Um enorme passo em frente", segundo Tim Cook

  • A evolução do iPhone 7, a última versão já no mercado. 
  • Cores: preto, cinzento e dourado
  • Resistente à água
  • Carregar bateria através de wireless, em vez de cabos. Há já uma série de marcas associadas, desde espaços comerciais a hotéis
  • O vidro com maior durabilidade até agora
  • Câmara com mais definição: para isso deu-se o exemplo com uma fotografia tirada com a ponte 25 de Abril em fundo.
  • É possível mudar o fundo e manter a fotografia da pessoa intacta. Há também mais filtros
  • Software A11 Bionic.
  • Jogos em realidade aumentada
  • Preços: iPhone 8 começa nos 699 dólares (mas em Portugal pelo menos 829 €); iPhone Plus nos 799 dólares (também um pouco mais em Portugal, ao custar 939 euros pelo menos)
  • Modelos chegam às lojas a 22 de setembro

Relógio Apple

  • Apple Watch: “tem tido crescimento exponencial, mais 50% no último exercício”, diz Tim Cook. "Apple Watch é o número 1 no mundo", à frente da marca Rolex, por exemplo, com 97% satisfação, segundo a Apple.
  • Novo Apple Watch chega a 19 de setembro a todas as lojas e mede batimentos cardíacos e adverte para arritmias e outra novidade é o Apple Heart Study.
  • Próxima geração Apple Watch series 3 permitirá receber chamadas mesmo dentro da água
  • "Muda a maneira como ouvimos música", disponibilizando 40 milhões de canções;
  • A temperatura é dita em voz alta;
  • 50% mais eficiente
  • Usado também no Ski e snowboard
  • Novas cores, braceletes de vários materiais, incluindo pele
  • Materiais amigos do ambiente

Apple TV

  • 4K, alta resolução
  • Permitirá ver jogos em direto

Lojas

  • Lançamento do Today at Apple, experiência nas lojas: fotografia, música, jogos, novos programas;

  • Teachers Tuesdays – sessões a cargo da equipa criativa para ensinar os mais novos a tirar proveito das tecnologias

O primeiro  iPhone foi apresentado em 2007, há dez anos, por Steve Jobs, em São Francisco, nos Estados Unidos, e transformou o mundo em que vivemos. Ainda se lembra? "Isto não são três dispositivos separados, são um só”, disse Jobs na altura.