Dois astronautas americanos realizaram, este domingo, a terceira caminhada espacial em oito dias, com o objetivo de preparar a Estação Espacial Internacional (ISS) para a chegada de futuras cápsulas comerciais nos próximos anos.

O engenheiro de voo, Terry Virts, e o comandante da estação, Barry Wilmore, montaram a estrutura desenvolvida pela corporação multinacional norte-americana de desenvolvimento aeroespacial e de defesa, «The Boeing Company» e pela empresa de transporte espacial dos Estados Unidos, «SpaceX». A estrutura é composta por 122 metros de cabo e várias antenas que pretende futuramente ajudar os veículos comerciais a processar a aterragem na ISS.

A missão foi concluída em cinco horas e trinta minutos, menos tempo do que estava previsto para esta operação.

Após a caminhada espacial, Virts encontrou uma pequena quantidade de água dentro do capacete, mas a NASA já garantiu não representar um risco de segurança para o astronauta.

«Basicamente uma pequena quantidade de água residual no componente do sublimador refrigerante condensou, uma vez que o ambiente em torno do fato espacial é de pressão, seguido de vácuo durante a caminhada, o que resultou numa pequena quantidade de água neste caso», garantiu no site, um porta voz da NASA.