Um jovem detido na quinta-feira pela Polícia Judiciária (PJ) de Braga por suspeita de ter tentado matar à facada a ex-namorada, em Vizela, vai aguardar julgamento em prisão domiciliária, com pulseira electrónica, informou fonte policial nesta sexta-feira.

Segundo a fonte, o arguido, de 19 anos, ficará nos próximos dias em prisão preventiva, enquanto são criadas as condições na sua residência para a vigilância eletrónica.

O crime foi registado na quinta-feira, em Vizela, e, de acordo com a PJ, os factos terão tido origem numa discussão entre o agressor e a vítima, no interior da casa desta.

O suspeito, motorista de profissão, acabou por agredir a ex-namorada, de 17 anos, com uma faca na zona do peito.

Após a agressão, o suspeito deslocou-se à GNR, assumindo a autoria dos factos.