Um homem que terá ameaçado a mulher com um machado enquanto segurava uma filha de um ano ao colo foi detido em Oliveira de Azeméis. O tribunal da localidade decidiu como medida de coação a obrigação de afastamento da vítima e a colocação de pulseira eletrónica.

Em comunicado, a GNR refere que os factos ocorreram no dia 31 de dezembro, ou seja, por ocasião da passagem de ano.

Quando chegaram ao local da ocorrência, os militares viram o suspeito a ameaçar a vítima com um machado numa mão, enquanto que na outra mão, ao colo, segurava a sua filha de um ano".

Segundo a GNR, os militares tentaram acalmar o suspeito, ordenando que o mesmo largasse o machado de forma a garantir a segurança de todos os presentes.

No entanto, ele não terá acatado esta ordem, tendo encetado uma "atitude agressiva" perante os militares, que foram obrigados a usar a força para o imobilizar e deter.

Ainda segundo a Guarda, a criança foi retirada, em segurança, ao agressor, não sofrendo qualquer ferimento, tendo a mesma sido entregue à mãe de 27 anos, que ostentava ferimentos ligeiros, fruto das agressões do detido.

Desta atuação, resultou a apreensão do machado e a detenção do individuo por violência doméstica.