A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção, na Lourinhã, de um homem suspeito de ser o autor de uma tentativa de homicídio em junho passado, no Parchal, no concelho de Lagoa, no Algarve.

Em comunicado, a PJ indica que o detido, de 43 anos, terá aliciado a vítima para um jantar com quem tinha vivido maritalmente durante cerca de dois anos.

Após o jantar, na continuação do plano que «havia elaborado, pediu boleia à vítima até outro local, onde, depois de a agredir, disse que a ia matar regando-a com a gasolina de um recipiente que trazia consigo, ateando-lhe fogo», lê-se no comunicado.

Segundo a PJ, a vítima conseguiu fugir antes que o homem conseguisse concretizar os seus intentos.

O detido mudou posteriormente de residência, tendo sido localizado na área da Lourinhã, no distrito de Lisboa, local onde foi detido.

O homem deverá ser presente ao tribunal esta quarta-feira  para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial e para aplicação de eventuais medidas de coação.