Neste hotel pode deitar-se a ver Espanha e acordar a ver Portugal

Caminha: novo hotel rotativo aposta em vinhos nacionais

Por: Redação / CBA    |   18 de Maio de 2012 às 17:36
Foi hoje inaugurado um hotel de quatro estrelas, em Caminha, voltado para o rio Minho, que aposta em aliciar turistas galegos e tornar o hotel num ponto de lançamento da promoção dos vinhos da região, segundo informações da agência Lusa, divulgadas esta sexta-feira.

O hotel, que tem um investimento de mais de quatro milhões de euros, «tem características muito específicas, sobretudo destinadas ao público espanhol, desde logo porque é inovador, ao nível da decoração e da restauração. Esperamos uma percentagem muito elevada de galegos e temos tido um interesse enorme da parte deles nos últimos dias», explicou Maria José Guerreiro, da administração do hotel.

O hotel consegue fazer uma rotação sobre si próprio, de 35 graus, a 2,5 metros do solo, ou seja, o ocupante pode «deitar-se a ver o monte de Santa Tecla [na Galiza] e a acordar voltado para a foz do rio Minho», explicam os promotores.

Este módulo rotativo, além dos aproveitamentos energéticos e do recurso a energias renováveis, assegura a componente de «inovação» para classificar o empreendimento como um hotel de design.

«Este investimento representa o olhar para o futuro», admitiu o ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, presente na cerimónia oficial de abertura, realizada hoje.

Este hotel conta já com uma adega com 300 referências de vinhos nacionais e sala uma de exposições, que será usada para eventos culturais locais.
Partilhar
EM BAIXO: Caminha: novo hotel rotativo
Caminha: novo hotel rotativo

COMENTÁRIOS