Um jovem que esfaqueou um homem numa discussão de trânsito, em outubro de 2016, em Vila Nova de Gaia, foi hoje condenado a cinco anos e seis meses de prisão efetiva.

Durante a leitura da decisão judicial, no Tribunal de Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, o coletivo de juízes referiu que o arguido, que a data dos factos tinha 17 anos, agiu com “imenso dolo e ilicitude”.

O processo envolvia outro arguido, de 30 anos, amigo do agora condenado que estava com ele no momento do crime e que foi absolvido.

A 21 de outubro de 2016, o jovem esfaqueou um homem de 49 anos, durante uma discussão de trânsito, em Vila Nova de Gaia, perfurando-lhe um pulmão.

A vítima estava a estacionar o carro numa rua quando o agressor, que seguia de táxi com o amigo, se envolveu com ele numa discussão com agressões físicas por este estar a demorar a fazer a manobra.

Nesta sequência, o jovem entrou numa mercearia, de onde roubou uma faca, e perseguiu a vítima esfaqueando-o nas costas, colocando-se depois em fuga.

O presidente do coletivo de juízes explicou que a pena teve como atenuantes a confissão do arguido, a sua idade – sendo-lhe aplicado o regime penal especial para jovens - e a ausência de antecedentes criminais.