Notícia atualizada às 18:37

O homem de 34 anos, professor de ensino especial e treinador desportivo de jovens, que foi detido pela presumível prática de vários crimes de abuso sexual de crianças, ficou em prisão preventiva, disse esta sexta-feira à Lusa fonte policial.

O indivíduo, cuja detenção foi também esta sexta-feira anunciada pela PJ, é suspeito de, nos últimos sete anos, ter abusado sexualmente de pelo menos uma dezena de rapazes, com idades entre os seis e os 10 anos, alunos com necessidades especiais.

Em comunicado, a PJ referiu que quando a conduta do homem «suscitava suspeitas, o mesmo transferia-se para novas funções noutra cidade». «O detido, de 34 anos de idade, é suspeito de, nos últimos sete anos, aproveitando-se do facto de ser docente e treinador desportivo dos jovens, ter abusado sexualmente pelo menos de uma dezena de crianças, sendo certo que quando a sua conduta suscitava suspeitas o mesmo transferia-se para novas funções noutra cidade», explica o mesmo comunicado.

Fonte da PJ adiantou à Lusa que o detido passou pelo Marco de Canaveses, Leiria, Lisboa e Funchal.

A mesma fonte afirmou que, no âmbito da investigação, que teve início em 2012, foi possível recolher «elementos probatórios» dos crimes, incluindo fotografias.