Mais de três meses depois da tragédia do Meco, as famílias das vítimas, continuam sem respostas sobre o que realmente aconteceu naquela madrugada fatídica de 15 de dezembro.

Acidente, negligência ou crime? Duas versões diferentes da mesma história que é urgente esclarecer. A investigação da TVI tem procurado, documentadamente, dar resposta a essa pergunta. Ao longo de várias semanas, recolhemos documentos e testemunhos inéditos que procuram clarificar o que aconteceu. Esta é a timeline dos acontecimentos ao pormenor, divulgados nesta segunda-feira, no Repórter TVI.

Há mais silêncios do que palavras, mais dúvidas do que certezas. Mas as provas documentais que a TVI tem vindo a investigar são reforçadas pelos novos relatos, inéditos, de testemunhas que ainda não foram procuradas pela polícia.

No seu conjunto, estas informações desmentem a versão contada por João Gouveia, o único sobrevivente da tragédia que vitimou seis jovens, quando foi interrogado pelo Ministério Público.

E tudo indica que o que se passou foi uma noite de praxe.

«Dura Praxis», uma reportagem com novas imagens de reconstituição dos acontecimentos trágicos da autoria das jornalistas Ana Leal e Cláudia Rosenbusch, com imagem de José Chorão, Ricardo Ferreira e Miguel Bretiano, e edição de imagem de Miguel Freitas.