Um homem de 65 anos matou, este sábado, a irmã e esfaqueou a mãe, na aldeia de Meixedo, em Montalegre, e pôs-se em fuga, estando a ser procurado pelas autoridades, avançou à Lusa fonte da GNR.

Segundo a mesma fonte, o alegado homicida matou a irmã, com cerca de 60 anos, com três facadas, e esfaqueou a mãe, com cerca de 85 anos, que foi transportada para o hospital ainda com vida.

O crime aconteceu junto à casa da vítima mortal, que tinha ao seu cuidado a mãe, e do suspeito, dado serem vizinhos.

Apesar das manobras de reanimação, a irmã do presumível homicida, reformada, não resistiu aos ferimentos, tendo o óbito sido confirmado no local.

A mãe foi transportada pelo helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Medica (INEM) para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em Vila Real, em estado grave.

As discussões entre os dois irmãos, acrescentou a fonte, motivadas por assuntos familiares, eram frequentes.

O alegado homicida pôs-se em fuga de carro, estando a ser procurado pelas autoridades policiais que, até ao momento, ainda não conseguiram pistas quanto ao seu paradeiro.

A investigação está a cargo da Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real.