Notícia atualizada às 10:34

Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas com gravidade, na sequência de uma colisão de dois veículos ligeiros e um cavalo, ocorrida quarta-feira à noite nos arredores de Évora, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que o alerta foi recebido às 20:55 e que os feridos foram transportados para o hospital de Évora e os três mortos foram encaminhados para os serviços de medicina legal daquela unidade hospitalar.

Catorze pessoas morreram na estrada durante a época de Festas

A mesma fonte indicou que o acidente ocorreu na Estrada Nacional 114 entre Évora e Montemor-o-Novo, na zona de São José da Peramanca, a cerca de três quilómetros de Évora.

Segundo a fonte do CDOS, no acidente morreu também o cavalo.

Entre os cinco feridos graves há duas crianças, de cinco e 13 anos, disse fonte dos bombeiros.

As duas crianças foram transferidas para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, enquanto os três adultos estão em estado considerado estável, disse fonte hospitalar.

Fonte da unidade hospitalar de Santa Maria adiantou, no entanto, que não é permitido dar informações sobre o estado de saúde das crianças sem autorização expressa dos pais.

O Hospital de Évora referiu que, dos três adultos feridos no desastre, uma mulher está internada nos cuidados intensivos, mas estabilizada, enquanto os restantes dois estão estáveis e serão ainda hoje transferidos para o Hospital de Portimão, na sua área de residência.

Fonte da polícia indicou ainda que um dos veículos envolvidos na colisão frontal é da zona de Paio Pires.

O trânsito na zona do acidente esteve cortado nos dois sentidos, de acordo com fonte da PSP de Évora.



As operações de socorro mobilizaram 31 operacionais, apoiados por 16 veículos das corporações de bombeiros de Évora, Montemor-o-Novo e Arraiolos, uma viatura Suporte Imediato de Vida (SIV), de Estremoz e um veículo do Serviço Municipal de Proteção Civil de Évora.