Os Bombeiros Municipais de Braga já destruíram, desde o início do ano, 370 ninhos de vespas velutinas, mais conhecidas como "vespas asiáticas". O balanço, até agora, é de mais 40 que no ano anterior, segundo a autarquia.

Os operacionais têm destruído, em média, "entre cinco a seis ninhos por noite", destaca ainda, num comunicado citado pela Lusa. 

Quando os ninhos são assinalados, os bombeiros desenvolvem um plano de combate. "Após efetuado o reconhecimento do local, das acessibilidades, da altura do ninho e dos meios adequados a empenhar, são espoletados os procedimentos de destruição dos ninhos, que em regra são por incineração, durante a noite".

Para a destruição eficaz, é utilizado um kit de incineração constituído por "uma vara telescópica com cerca de 20 metros, munida de gás propano e de um maçarico na extremidade".

Os elementos intervenientes usam "equipamento de apicultor e utilizam lanços de escada, apoiados em viaturas ligeiras de combate a incêndios ou mesmo o veículo autoescada".

As vespas asiáticas afetam a produção de mel com quebras de 50 a 60%. Portugal não tem conseguido travar avanço da espécie.