Uma derrocada no vão de escada de um prédio de três andares na zona do Bonfim, Porto, provocou dois feridos, um grave e um ligeiro, transferidos para o hospital de São João, disse à Lusa fonte do CDOS.

Quando chegaram ao local, os Sapadores Bombeiros tiveram de proceder ao «resgate» dos dois feridos, um homem e uma mulher, que se encontravam no vão de escada interno do prédio quando aquele cedeu, disse o chefe de serviço da corporação.

O alerta foi dado pelas 17:16 e ao local acorreram os Sapadores Bombeiros do Porto, Bombeiros Voluntários do Porto, INEM e PSP, informou o Comando de Operações e Socorro (CDOS) do Porto.

A derrocada no edifício na Rua Duque de Saldanha, que se encontra à venda, causou ainda dois feridos assistidos no local.

Ainda segundo o CDOS, o edifício está devoluto e as vítimas, mãe e filho que caíram de uma altura de 2,5 metros, eram possíveis compradores em visita ao imóvel, informação também veiculada pelos Sapadores Bombeiros e confirmada por fonte do gabinete de comunicação da Câmara do Porto.

A proteção civil avaliou as condições da estrutura, concluindo pela estabilidade do edifício, que «não oferece risco à via pública», disse a mesma fonte da Câmara do Porto acrescentando que o local «foi interditado» e será alvo de nova avaliação na sexta-feira.

A Lusa tentou ouvir a PSP do Porto, mas tal não foi possível até ao momento.