A terra vai tremer em todo o país, às 11:10 de sexta-feira, e os portugueses são desafiados a participar na simulação de sismo. O exercício consistirá na realização dos três gestos de autoproteção: «baixar, proteger e aguardar».

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) vai promover, na próxima sexta-feira, em todo o país, um exercício público de cidadania que visa sensibilizar os portugueses para a preparação e autoproteção para o risco sísmico.

O exercício «A terra treme» durará apenas um minuto e qualquer cidadão pode participar, individualmente ou em grupo, através da realização dos «três gestos de proteção que podem salvar vidas em caso de sismo», disse à agência Lusa Anabela Saúde, da ANPC.

Durante o exercício, os cidadãos devem baixar-se sobre os joelhos, posição que evita cair perante o abalo sísmico, proteger a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e, por último, aguardar até que a terra pare de tremer.

Anabela Saúde afirmou que «estes gestos simples de proteção» são fundamentais para a prevenção em casos de sismo, por isso, os portugueses devem estar preparados.

Para que um maior número de portugueses participe no simulacro, a ANPC conta com o apoio das corporações de bombeiros, delegações da Cruz Vermelha Portuguesa e os 18 Comandos Distritais de Operação de Socorro (CDOS), que localmente vão promover o exercício, nomeadamente em escolas, centros de dia, centros comerciais e hospitais.

Anabela Saúde admitiu ainda que «é difícil mobilizar os portugueses para fenómenos que não acontecem todos os dias», mas alertou para o risco sísmico que Portugal corre, sobretudo nas regiões do Algarve e Lisboa.