A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, identificou e deteve um homem pela presumível prática reiterada de vários crimes de burla qualificada.

O arguido colocava anúncios, desde 2010, oferecendo o arrendamento na época balnear de vários apartamentos no Algarve, com a intenção de não concretizar o negócio, não obstante embolsar todas as quantias dadas como sinal ou pagamento.

O detido, de 47 anos de idade, vai ser sujeito a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.