«Os palavrões "estabilidade" e "sacrifício" são como pesados blocos de gelo, agora usados para refrescar o governo contra as altas temperaturas do regime. Muito repetidos por quem ainda se pode divertir, estabilidade é o imobilismo do euro e sacrifício é o confisco dos impostos.»