O hospital de Macedo de Cavaleiros destacou-se entre as três unidades hospitalares do distrito de Bragança na mais recente avaliação da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) com a classificação máxima atribuída a Ortopedia e à Unidade de AVC.

Os resultados foram divulgados, esta terça-feira, pela Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE), a responsável pelos três hospitais e 15 centros de saúde da região conhecida pelas carências nesta área, mas que conseguiu destacar-se em algumas áreas na avaliação nacional feita pela entidade reguladora.

A Unidade Hospitalar de Macedo de Cavaleiros obteve num dos itens avaliados, o da Excelência Clínica, «três estrelas» correspondentes ao «nível superior», o máximo, e atribuídas aos cuidados prestados pelo Serviço de Ortopedia, nomeadamente no que se refere a artroplastias da anca e joelho, e também à área de Neurologia na Unidade de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Entre os três hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) do Nordeste Transmontano, Macedo de Cavaleiros foi sempre a referência na área da Ortopedia e mais recentemente no tratamento e cuidados a doentes de AVC.

Os três hospitais (Bragança, Macedo de Cavaleiros e Mirandela) conseguiram também a classificação máxima noutro ponto em avaliação: a focalização no utente, de acordo ainda com a ULSNE.

Em análise nesta avaliação estiveram cinco áreas, nomeadamente a Excelência Clínica, Segurança do Doente, Adequação e Conforto das Instalações, Focalização no Utente e Satisfação do Utente.

A administração da ULSNE sublinhou, em comunicado, que os resultados obtidos são «o reflexo de uma prestação de cuidados que tem efetivamente no doente o seu centro de atenção, privilegiando as componentes técnicas, humana e de conforto/bem-estar».