Os genes influenciam mais as notas dos estudantes do Ensino Secundário do que «os professores, as escolas ou a família». Os dados foram divulgados por um estudo publicado na quarta-feira pelo King's College de Londres.

Os autores do estudo analisaram a importância da genética no êxito escolar e, para isso, utilizaram como amostra as notas de mais de 11 mil exames de alunos de 16 anos do ensino secundário.

Em disciplinas como inglês, matemática, ciência, física, biologia e química, os cientistas descobriram que os genes influenciam em 58% mais nas notas, enquanto em matérias de humanidades, como arte e música, os genes contam 42%.