O camionista de Braga que estava desaparecido desde 4 de agosto foi encontrado morto, esta terça-feira, dentro do camião, em França, confirmou à TVI24 fonte da Polícia Judiciária.

Segundo a mesma fonte, o camião foi localizado no sul de França, num parque na A-9, em Village Le Catalan, a 15 quilómetros da fronteira com Espanha.

As autoridades estão no local, para efetuar as diligências necessárias e investigar as circunstâncias da morte. A Polícia Judiciária esclareceu que não tem ainda informação sobre possíveis causas do óbito, nem informação sobre se no local foi encontrada alguma arma.

À TVI24, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, confirmou que o Governo está a acompanhar o caso, mas que são ainda desconhecidas as causas de morte.

«Já entrámos em contacto com o Cônsul em Marselha e estamos à espera de mais informações», referiu José Cesário. Também a família e os amigos, contactados pela TVI, disseram ainda não ter informação sobre as causas de morte. «Não sabemos, só sabemos que alguém avistou o camião e tivemos a pior notícia», disse um amigo da famíla.

Manuel José Gonçalves tinha saído da Noruega a 31 de julho, rumo a Barcelona. À TVI a família de Manuel Gonçalves relatou os últimos contactos

O último contacto telefónico que manteve com familiares registou-se a 4 de agosto, estando desde então incontactável.

A Polícia Judiciária emitiu um alerta internacional para o desaparecimento, através do programa «Sirene».

Notícia atualizada