A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu a atividade a 12 estabelecimentos de restauração em Tróia e na Nazaré e deteve uma pessoa, na sequência de ações de fiscalização realizadas na primeira quinzena de setembro.

Em comunicado envido à agência Lusa, a ASAE salienta que, no âmbito daquelas ações de fiscalização, foi “suspensa a atividade a 12 estabelecimentos de restauração, bem como a cozinha central e de fabrico de pastelaria de um estabelecimento de hotelaria, por incumprimento dos requisitos de higiene”.

Durante os primeiro 15 dias de setembro, a ASAE realizou operações de fiscalização a 66 operadores económicos, situados na Península de Troia, Nazaré e Sítio da Nazaré, tendo também instaurado seis processos-crime por “fraude sobre mercadoria em pescado e em azeite” e “detido um indivíduo”.

“Foram ainda instaurados 41 processos de contraordenação, destacando-se como principais infrações o incumprimento dos requisitos de higiene, disponibilização de bivalves sem requisitos exigidos por lei, falta de controlo de pragas e a falta da comunicação prévia para o exercício da atividade”, refere a ASAE.

Nas ações de fiscalização, acrescenta a ASAE, foram também apreendidos 325 quilogramas de géneros alimentícios, 47 quilogramas de bivalves e azeite e mistura de óleo alimentar.