A PSP de Viana do Castelo anunciou hoje a detenção de três pessoas, por tráfico de estupefacientes, tendo apreendido mais de uma centena de doses de droga e um táxi, alegadamente, utilizado no transporte de cocaína e heroína.

Fonte da polícia explicou que as detenções, concretizadas ao final do dia de quinta-feira, envolvem um casal, residente no centro histórico de Viana do Castelo, e um taxista, com praça na mesma cidade e residente em Ponte de Lima.

Este utilizaria o táxi para o transporte dos estupefacientes, precisou fonte do Comando Distrital da PSP de Viana do Castelo.

Segundo apurou a Lusa, os detidos têm idades compreendidas entre os 46 e os 49 anos, apresentando um destes «um vasto percurso de detenções por tráfico de drogas», indicou ainda a fonte. A operação esteve a cargo da Esquadra de Investigação Criminal.

Além da viatura alegadamente utilizada no tráfico de estupefacientes, de uma centena de doses de cocaína e de várias dezenas de doses de heroína, os agentes da PSP apreenderam duas armas de fogo de calibre 6,35 milímetros, uma carabina, munições, armas brancas, bastões e uma botija de aerossol de defesa.

Foram ainda apreendidas várias peças em ouro, relógios, objetos utilizados nas atividades de tráfico de droga ou de recetação, assim como mais de 3.000 euros em dinheiro do Banco Central Europeu.

Os três detidos foram presentes durante a manhã de hoje ao Tribunal de Viana do Castelo, para primeiro interrogatório judicial, desconhecendo-se a aplicação de qualquer eventual medida de coação.