A mulher baleada no sábado no interior de um hostel na rua Miguel Bombarda, no Porto, teve alta no final durante a noite, disse à agência Lusa fonte do Hospital de Santo António.

A vítima tinha sido atingida a tiro num braço e “de raspão” na cabeça por um homem, presumivelmente seu ex-companheiro, que baleou ainda, também sem gravidade, um outro homem.

Os disparos aconteceram cerca das 14:40 no Mercador Guest House, no centro do Porto. O alegado agressor barricou-se, durante cerca de duas horas, no interior do hostel.

Segundo adiantou no sábado à Lusa fonte do Comando Metropolitano do Porto da PSP, após meia hora de negociações com as autoridades o indivíduo "acabou por se entregar", tendo sido transportado para a divisão de investigação criminal daquela polícia para ser ouvido. O homem será esta segunda-feira presente a tribunal.

Segundo a PSP do Porto, todos os envolvidos são de nacionalidade portuguesa e as circunstâncias do tiroteio estão ainda a ser averiguadas, mas, segundo ouviu a Lusa no local, terá sido um crime de origem passional.
No local estiveram diversos efetivos da equipa de intervenção rápida da PSP, da unidade especial de polícia e um negociador, tendo o trânsito na rua Miguel Bombarda estado cortado durante várias horas.