Um avião fretado pela TAP que partiu esta sexta-feira de São Tomé e Príncipe com mais de 100 passageiros, entre os quais o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, teve de regressar ao aeroporto são-tomense, noticia a STP-Press.

O Airbus 310, que fazia a ligação semanal a Lisboa, foi obrigado a regressar ao aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe depois de um pássaro ter entrado num dos motores, de acordo com uma fonte da aviação civil.

O presidente do Benfica, que passou o Natal naquele país africano, onde a filha trabalha num projeto de conservação de tartarugas, e os restantes passageiros regressaram aos hotéis e residências, enquanto os técnicos procuram remover o pássaro.