O grupo de portugueses que viajou para o centro da Europa para ajudar refugiados trouxe para Portugal uma família síria, com três filhos. Foram resgatados em Viena de Áustria, fugiam da guerra na Síria. Agora o grupo de 12 pessoas promete ajudar outras famílias de refugiados.
 
Sírios, pai, mãe e três filhas, de 9, 7 e 5 anos, chegam a Lisboa com os receios de quem não conhece e sem perceber o que se fala por aqui. Foram resgatados pelo grupo de portugueses que na semana passada partiu e direção ao centro da Europa. Passaram pela Eslovénia e pela Hungria e, depois de muito esforço e de muitos quilómetros de estrada, foi em Viena de Áustria que a verdadeira viagem começou.
 
Entraram em Portugal já com um pedido de asilo feito no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Vão ficar à responsabilidade do grupo que lhes vai dar todo o apoio de integração: uma casa, trabalho e educação, num país em paz.