As temperaturas máximas vão subir gradualmente entre oito e dez graus Celsius entre hoje e sábado, o que levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a colocar oito distritos do continente sob aviso amarelo.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista Cristina Simões explicou que a situação entre hoje e sábado será muito semelhante à registada no início do mês de julho, altura em que uma onda de calor afetou o país.

«Estamos perante uma situação algo semelhante ao que aconteceu em julho com previsão de subida da temperatura já partir de hoje. Até sábado vamos atingir temperaturas que serão da ordem dos 40 graus no interior», adiantou, salientando que não está prevista para já uma situação de onda de calor.

Cristina Simões explicou que esta subida das temperaturas deve-se a um anticiclone que está sobre o território do continente com uma corrente de leste, uma massa de ar mais quente.

«Entre hoje e sábado, as temperaturas poderão subir uma média de oito e dez graus em relação a terça e quarta-feira, altura e que se registaram, por exemplo em Lisboa, máximas de 26 graus», disse.

De acordo com a meteorologista do IPMA, o dia mais quente será o sábado, sendo que, no domingo, já se prevê uma ligeira descida da temperatura.

«Não se pode falar de onda de calor. Tem de haver uma acumulação de seis dias com temperaturas acima da média e não se prevê que assim seja. Depende das zonas, se se atingirão esses valores e se se vão manter por seis dias. Não nos parece para já, uma vez que no domingo voltam a descer», disse.

Por causa da persistência de temperaturas elevadas, o IPMA colocou entre hoje e sábado sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro.

Os distritos de Braga, Coimbra, Leiria, Santarém, Lisboa, Setúbal, Évora e Beja vão estar sob aviso amarelo até às 13:59 de sábado.

O IPMA colocou também a costa norte da Madeira e o Porto Santo sob aviso amarelo entre as 07:00 de hoje e as 06:59 de domingo.

A meteorologista Cristina Simões adiantou ainda que, nas regiões do interior, as temperaturas máximas vão chegar aos 40 graus, principalmente no Alentejo.

«É de salientar que nestas situações de correntes de leste, são atingidas também as regiões do litoral e daí que se sinta mais a subida da temperatura. Vamos ter, por exemplo no sábado, 38 graus para Coimbra e Lisboa e 40 para Santarém», sublinhou.